takata-airbag

A Takata está prevendo prejuízo de US$ 245 milhões no ano em razão dos infladores de bolsas infláveis com defeito que levaram à convocação de milhões de veículos. Vários fabricantes iniciaram convocações e a Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário (NHTSA) dos EUA informou que BMW, Chrysler, Ford, Honda, Mazda, Nissan e Toyota avisaram que efetuariam convocações regionais limitadas ligadas a possível defeito de segurança envolvendo os infladores de bolsas infláveis da Takata.

A NHTSA declarou que a ação é influenciada pela investigação do órgão de seis casos de ruptura dos infladores ocorridos na Florida e em Porto Rico e que baseada nos poucos dados disponíveis hoje, apóia os esforços dos fabricantes em atender o risco imediato em áreas de clima quente e úmido por longos períodos de tempo.

Diz ainda a NHTSA que os consumidores afetados pelas convocações deverão levar seus veículos para reparo tão logo sejam notificados pelos seus fabricantes. O órgão mantém estreita comunicação com o fornecedor e fabricantes para obter mais dados e tomará as medidas adequadas baseadas no que encontrar.

Por seu lado, a Takata disse ter levado o assunto em consideração “muito seriamente” e que está tomando medidas em toda a organização para reforçar o controle de qualidade e prevenir novas ocorrências. (just-auto)

(55 visualizações, 1 hoje)