FORD BRASIL NEW FIESTA AUTOMÁTICO HATCH 2014 ITUPEVA/SP ABRIL 2013

Ford New Fiesta hatch

A Ford anunciou a introdução de um novo plano de manutenção para seus veículos junto com o lançamento da linha 2015. Com ele, o número de revisões durante o período de garantia foi reduzido de seis para quatro, trazendo uma economia entre 30% e 40% para o cliente. Com a renovação da sua linha no Brasil, hoje 100% composta por produtos globais, a Ford oferece três anos de garantia para todos os veículos.

O novo plano traz um intervalo maior de tempo e quilometragem para substituição e verificação das peças: os modelos 2015 do Novo Ka, New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport e Ranger já estão com essa nova sistemática de manutenção. Na linha de peruas altas de luxo, o plano abrange também o Edge 2014 (único desse ano-modelo a antecipar a mudança).

O objetivo do novo plano é oferecer uma manutenção mais econômica para os clientes, preservando a garantia e a qualidade de funcionamento dos carros. “O avanço da tecnologia dos motores e de componentes de desgaste credenciam essa mudança que é representada pela maior durabilidade dos produtos”, diz Joaquim de Arruda Pereira, gerente de Marketing de Serviço ao Cliente da Ford.

Além dessa nova forma, é importante destacar que a Ford oferece revisões com preço fixo. “Fomos os pioneiros nesta prática transparente de serviço ao cliente, que é acompanhada de um amplo trabalho em todos os lançamentos para reduzir o custo de peças e seguro. O novo plano de manutenção é mais um avanço que contribui para a economia e satisfação dos clientes da Ford. A nossa meta é que eles tenham uma experiência positiva de consumo durante toda a vida útil do veículo”, afirma.

Novos prazos

A primeira revisão continua a ser feita aos seis meses e a segunda aos 12 meses, ou 10.000 km (o que ocorrer primeiro), ambas com mão de obra gratuita. As outras duas são programadas aos 24 meses (ou 20.000 km) e aos 36 meses (ou 30.000 km).

Com a eliminação das revisões aos 18 meses (ou 30.000 km) e 30 meses (ou 50.000 km), o cliente deve retornar ao distribuidor nesses períodos apenas para substituir o filtro de combustível.

“Diferentemente das revisões, em que além da troca de fluidos e filtros são verificados mais de 60 itens do veículo, nesse caso é feita exclusivamente a troca do filtro de combustível”, diz Joaquim. “Mas estamos desenvolvendo um trabalho junto com fornecedores para que, no futuro, seja possível estender também esse prazo.”

A tolerância máxima para a realização das revisões continua sendo de um mês, ou de 1.000 km para mais ou para menos. (Ford)

 

(148 visualizações, 1 hoje)